07/05/2012 - Escritório Central

Emater planeja as atividades para os próximos quatro anos

O Programa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Proater), norteador das atividades finalísticas da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater) passa a ser alinhada ao Plano Plurianual (PPA) do Governo do Estado, sendo, a partir deste ano, quadrianual. A novidade vai possibilitar um maior planejamento das atividades no campo paraense.

Com o objetivo de aliar as metas orçamentárias físicas ao mais próximo do real, a partir deste ano, a Emater concentra esforços no sentido de promover o planejamento das atividades a serem prestadas no período de 2012 a 2015. Segundo o sociólogo Jorge Augusto Macedo, responsável pelo Proater na Coordenadoria de Planejamento (Cplan) da empresa, o espaçamento de quatro anos vai possibilitar que o trabalho no campo seja pensado em longo prazo.

Para a novidade deste ano, foram realizadas oficinas com os 12 regionais que a empresa possui nos municípios de São Miguel do Guamá, Marituba, Santarém e Marabá, conforme informou o analista de sistema, Gleison Kiyoshi, chefe do Centro de Processamentos de Dados (CPD), desenvolvedor do programa, para explicar sobre o instrumento viabilizador da sistematização das informações.

É de responsabilidade dos escritórios locais que a empresa possui o abastecimento do programa para assim colocar em prática os projetos atividade da Emater. Atualmente, são dez possibilidades de atendimento no campo: cadeia vegetal; cadeia animal; bioenergia; produção familiar; pesquisa; pesca e aquicultura; municípios verdes; Ater para área de reforma agrária; populações tradicionais e reservas extrativistas; e revitalização. “Os escritórios terão até primeiro de junho para o preenchimento do Proater e assim finalizar a fase de elaboração”, afirmou Jorge Augusto.

Ainda segundo Gleison Kiyoshi, sendo o Proater um planejamento técnico-operacional, tem a finalidade de contribuir com a organização, direcionamento e implantação da política pública de desenvolvimento rural. “O Proater é um documento que traz em seu contexto diretrizes orientadoras com relação à perspectiva do desenvolvimento rural, considerando a necessidade de promover a sustentabilidade social, econômica e ambiental através de estratégias de apoio e estímulo às atividades pecuárias, agrícolas, não agrícolas e de comprometimento com a organização social rural, tomando como referência o fortalecimento da agricultura familiar nos seus múltiplos aspectos”, destacou o analista sistema.