20/10/2011 - -

Emater participa do Frutal Amazônia 2011

 

     A Frutal Amazônia Flor Pará 2011 foi lançada nesta quinta-feira, às 20 horas, em solenidade no Hangar Centro de Convenções e feiras da Amazônia, em Belém, com a presença do governador do Estado, Simão Jatene. Na ocasião foi assinada a Lei de Normatização da Comercialização Artesanal de Origem Animal e Vegetal, por diversos órgãos.

     A presidente da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), Cleide Amorim, que também assinou a lei, acredita que esta iniciativa vá contribuir, e muito, para facilitar a dinâmica de compra e venda de produtos provenientes da agricultura familiar no estado. “Esta lei vem contemplar um desejo antigo, que é de certificar produtos produzidos no estado”, afirmou

     A Emater acredita nesta possibilidade. Para os quatro dias de Frutal Amazônia Flor Pará, a empresa organizou a Feira da Agricultura Familiar. Segundo o diretor administrativo, Rodrigo Mendes, foi um investimento de R$249 mil, em um trabalho que duraram três meses. Ao todo estão expondo produtos vindos diretos do campo, 31 expositores divididos em 14 estandes.

     Para José Sinval, coordenador da feira esta será uma oportunidade para mostrar produtos feitos com qualidade por produtores rurais atendidos pela Emater. A beleza do estande montado auxiliado a competência dos produtores será fácil impressionar ao público visitante a potencialidade da produção rural do estado.

     Quem confirmou a idéia de José Sinval foi o Presidente do Instituto Frutal, Euvaldo Bringel Olinda, para ele a apresentação dos trabalhos da Emater está sendo feito de forma a valorizar o produto, devido a profissionalização em que a feira foi montada e a qualidade dos produtos expostos. “A agricultura familiar precisa ser bem apresentada, para assim, vender bem. Nesta feira a Emater está quebrando paradigmas com esta bela apresentação”, elogiou.

     Para a Nelson Gonçalvez, da Associação de Produtores do Xingu, esta Feira da Agricultura Familiar, está sendo uma oportunidade de ouro para comercializar os queijos produzidos em Altamira. “Fico muito feliz de ver que o nosso produto está sendo vendido e aprovado pelos visitantes”, disse.

Assessoria de Comunicação - Kenny Teixeira