Parceria sustentável

Emater e GIZ avaliam atividades no âmbito da parceria sustentável

Os técnicos Luísa Fenizola e Bernardo Anache, da instituição alemã Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ), reuniram ontem (12), na Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater-Pará), com o Diretor Técnico, Rosival Possidônio, os técnicos Paulo Lobato e Rosomiro Marques, e o supervisor do Regional Marajó, Alcyr Borges, para avaliarem ações de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), que envolvem projetos das instituições na área de sustentabilidade florestal, no território que abrange o Regional Marajó.

As conversas se desenrolaram na sala da Diretoria Técnica (Ditec), do Escritório Central da Emater, em Marituba, tendo por base a parceria que considera os temas centrais de Fortalecimento da Biodiversidade e Conservação Agroecológica; Capacitação de Gestão de Agentes Sustentáveis, que inclui, cooperativados e Agentes de Ater; e Mercado Sustentável.

Nas conversas avaliativas os participantes consideraram as condicionantes que influenciam na realização das atividades e operações, os impactos positivos, e os desafios a serem enfrentados, entre outros aspectos, que contribuam para a expansão da parceria.

Sobre a capacitação dos agentes de Ater no Regional Marajó, o supervisor, Alcyr Borges, disse: “nossos agentes aderiram a ideia do ater florestal, e disseminam a proposta nas oficinas de manejo, com resultados bem evidentes. Produtores que antes cortavam mais de mil extirpes de açaí para palmito, atualmente trabalham na perspectiva de manter o açaizal em pé, pois já consideram os pontos de vista nutricional, econômico e ambiental”.

Texto e Fotos: Edna Moura

Texto: . - 13/12/2017