Regional do Tocantins

Emater capacita famílias abaixo da linha da pobreza para atividades rurais em Cametá

Das 150 famílias de Cametá, no nordeste do estado, que o escritório local da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater) vem acompanhando desde julho do ano passado dentro do Acordo de Cooperação Técnica (ACT) – Fomento com o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), 37 já receberam a primeira parcela do recurso total de R$ 2 mil e 400 previstos pelo Programa, para aplicar em projetos de manejos de açaizais, criação de galinha caipira, reforma de casas de forno de farinha e compra de apetrechos de piscicultura.  As outras famílias devem receber os recursos nos próximos meses.

As famílias, que são consideradas abaixo da linha da pobreza, têm no recurso o pontapé inicial dos empreendimentos. O diferencial é mesmo a assistência técnica da Emater.

“Com as orientações da Emater, essas famílias, que moram na zona rural ou periurbana podem profissionalizar as atividades em um nível que lhes assegure segurança alimentar e fonte de renda, sem precisar recorrer a subempregos na zona urbana. O Programa é uma forma, também, de valorizar o próprio campo, qualificar a vida nas comunidades”, conceitua o chefe do escritório local da Emater em Cametá, o técnico em agropecuária Kennedy Barile

 

Texto: Aline Miranda - 05/03/2018