Regional das Ilhas

Festival de Flores de Benevides encerra com programação variada

O município de Benevides ganhou um novo evento para movimentar a comunidade e dar visibilidade à agricultura familiar, principalmente para a produção de flores de lá. Foi com esta proposta que o Escritório Local de Benevides que corresponde ao Escritório Regional das Ilhas da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater) em parceria com a Associação de Floricultores de Benevides (Aflorben) e ainda contando com o apoio da Prefeitura Municipal, tornaram possível a realização da Primeira Exposição de Flores de Benevides (Expoflorben).

O festival aconteceu na Praça Santa Maria de Benfica, com programação aberta ao público, nos dias 05 e 06 de maio de 2012. No sábado, dia 05, no barracão do Centro Comunitário Santa Maria de Benfica houve uma Oficina sobre arranjos de Artes Florais ministrada pelas técnicas da área social da Emater Elisete Ferreira e Nazará Brasil. No domingo (06), pela manhã, estavam à venda plantas em vasos, abrindo o Festival de Flores e também iniciada a competição da I Copa de Arte Floral, a qual despertou o interesse de todos pela beleza das flores e pela habilidade com que os produtores montavam seus arranjos.  Joaquim Santos, Secretário de Cultura do Município e membro da Academia Brasileira de Artes Florais (Abaf), foi quem julgou os 16 produtores que participaram da I Copa Municipal de Arte Floral. O tempo para concluir a prova foi de uma hora e os critérios de avaliação eram criatividade, utilização de materiais alternativos encontrados na comunidade, estrutura e base do arranjo.

A vencedora da Copa foi Roseane Gomes da Silva, da comunidade Taquara Murinin e recebeu como prêmios um troféu e uma bicicleta; o segundo lugar ficou com Hamilton Rosa, que levou um DVD Player e em terceiro lugar ficou Julieta Taketomi Saito, que ganhou um Kit de jardinagem e um pulverizador costal.

O evento surgiu da iniciativa de dois extensionistas rurais da Emater, Soraya Araújo e Ailson Cardoso, que desenvolvem desde novembro de 2011, o diagnóstico e mapeamento dos produtores de flores do município que fazem parte da Aflorben.

A Engenheira Agrônoma, Soraya Araújo, relata: “quando o trabalho de diagnóstico dos produtores de flores começou, nós apenas conhecíamos a prática e o cotidiano de trabalho deles, depois fazíamos o georreferenciamento da propriedade e posteriormente discutíamos com eles caso a caso a possibilidade de elaboração de projeto para financiamento. O Pronaf não é fomento, é um empréstimo que deve ser feito com toda cautela e para os que realmente podem pagar”, Ela ainda afirma que "a idéia de fazer a Expoflorben é desenvolver os chamados Arranjos Produtivos Locais - APLs que proporcionam ao produtor emprego e geração de renda e não dar apenas fomento".

Benevides é o maior produtor de flores da Região Metropolitana de Belém que tem ainda os seguintes municípios com potencial no ramo: Ananindeua, Marituba, Santa Bárbara, Santa Izabel e Santo Antonio do Tauá.

Um dos produtores de destaque da Aflorben, Hamilton Rosa Primo, que cultiva flores e espécies vegetais da Amazônia e também é participante da Copa Municipal de Arte Floral, diz que a venda de flores é um ramo novo, porém crescente na região. Ele possui em sua propriedade um sistema agroflorestal com diversas espécies produzidas, com pomares e flores exóticas, sendo que todo o material orgânico não vão para o lixo. É reaproveitado como adubo das plantas. Por todas estas características favoráveis, está garantida a presença dele na Feira Feira da Agricultura Familiar da Amazônia Legal – Agrifal 2012, dentro de uma Ilha Temática correspondente à floricultura incorporada em Sistemas agroflorestais.

A presidente da Aflorben, Doraci Borralho, 68 anos, também floricultora, diz que o seu faturamento, em média, com flores tropicais atinge a venda de 500 maços, sendo 2 reais a unidade. A Aflorben possui 12 associados e eles já conseguiram produzir mil e duzentas mudas por safra.

Ailson Cardoso, técnico agrícola, extensionista da Emater, realizou um videoclipe temático exibido durante a exposição. O vídeo mostra o trabalho dos floricultores em sua propriedade e tem ilustrações com o ponto geográfico de cada uma delas. Ao fundo musical, as trilhas sonoras conhecidas nacionalmente e com tema rural “Vide vida marvada”, “obrigado homem do campo” e “O menino da porteira”.

Os expositores de arranjos florais na Primeira Copa de Arte Floral apresentaram variedades e espécies de flores temperadas que servem para ornamentação de igrejas, residências e cerimônias fúnebres e festivas. Já as flores tropicais, as variedades mais cultivadas são as helicônias, e as popularmente conhecidas como "bastão do imperador" e o "Shampu".

No domingo a exposição contou com a presença de autoridades do município. Da Emater, estavam a Supervisora do Escritório Regional das Ilhas, Maria Josefa Nascimento e o Coordenador Técnico Paulo Lobato, entre outros. A programação cultural teve a Escolha do Mister e da Miss Mirins, corrida de Revezamento com “ bastão do Imperador”, danças folclóricas com as senhoras da terceira idade, venda de comidas típicas, atrações musicais e Concurso da Rainha das Flores de Benevides.

Texto: Ascom - 06/05/2012