Agrifal 2012

 

Ilha temática na Feira da Agricultura Familiar mostrará sustentabilidade da criação de pequenos e grandes animais na Amazônia paraense

Na Feira da Agricultura Familiar da Amazônia Legal (Agrifal), que a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater) realizará de 25 a 27 de maio, em Belém, uma ilha temática intitulada Criação de Pequenos e Grandes Animais mostrará ao transeunte do evento a viabilidade ecológica e econômica de se trabalhar, nas pequenas propriedades rurais paraenses, com pecuária, galinha caipira, carneiro, apicultura, piscicultura e ostra em cativeiro.

No espaço de 18 m², serão demonstradas as tecnologias atualmente empregadas em projetos de sucesso da Emater e o impacto positivo - em termos sociais, culturais, ambientais e financeiros – de iniciativas pontuais, que, a partir de diversificação das atividades, geram trabalho e renda a agricultores familiares dos mais diversos municípios do estado.

Algumas das principais experiências a ser divulgadas na Ilha são a criação de pirarucu em tanques escavados e o pastejo rotacionado de bovinos, com inseminação artificial, em Conceição do Araguaia, no sul do Pará; o cultivo de ostras em currais no rio Lerai Grande, em Augusto Corrêa, no nordeste do estado; a criação de galinha caipira em Castanhal, também no nordeste, e a apicultura em Bragança, na região do Salgado.

Os visitantes poderão observar painéis fotográficos de cada projeto e conversar com os produtores e técnicos responsáveis.

Além disso, uma maquete apresentará a possibilidade de uma “propriedade legal”, em que a pecuária, tradicionalmente acusada de prejudicadora ambiental, se consorciará com piscicultura em tanques-rede, respeitando-se os 80% de preservação florestal que a legislação indica para o bioma Amazônia. A idéia é comprovar que, com assistência técnica e tecnologia, é possível criar gado e manter outras atividades sustentáveis, tendo lucro e sem se violentar a natureza.

Texto: Aline Miranda - 18/05/2012