-

Emater realiza oficina de artesanato para mulheres

    

Foto: Bordados em Patch Apliquê

 

     Encerraram nesta sexta-feira, 26, as aulas da Oficina de Bordados em Patch Apliquê (aplicação estilizada de tecido sobre tecido) promovida pelo escritório regional das Ilhas da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater). A capacitação, oferecida gratuitamente, foi voltada para artesãos da Região Metropolitana de Belém, de preferência integrantes de famílias agricultoras. No total 40 mulheres participaram do treinamento.

      Inicialmente foram oferecidas apenas 25 vagas, mas como a procura foi grande, a coordenadora da oficina, a socióloga da Emater Benedita Barros, estendeu para 40 participantes. “infelizmente ainda ficamos sem atender 20 mulheres que desejaram fazer o curso, mas estaremos abrindo novas vagas ainda em setembro”, garantiu.

      A Oficina inaugurou o Espaço Sociocultural da Empresa, localizado no escritório central, em Marituba. As aulas aconteceram de 23 a 26 de agosto, das 14h às 18h, ministradas pela consagrada artesã Eucir Scardini, colaboradora da Emater. “O estímulo ao artesanato é uma ação clássica da extensão rural, que subentende o contexto da vida no campo, e não só o trabalho direto sobre a terra: o artesanato envolve desde reciclagem de resíduos de plantios, por exemplo, até qualificação da mão de obra feminina”, explica Benedita Barros.

      De acordo com Benedita Barros, a técnica de Patch Apliquê representa um lucro de no mínimo 50% para os artesãos: “São produtos que estão na moda, inclusive. Em geral, os apliques de bordados são feitos sobre roupas e bolsas”, diz.

Parceria

      Ainda segundo a socióloga da Emater, ninguém faz nada sozinho e que esta oficina só foi possível por contar com colaboradoras. Há seis anos existe este projeto que têm como objetivos ensinar um ofício,  gerar renda e especializar aquelas que já possui intimidade com trabalhos manuais.

      “O próximo curso será de pedrarias. Aproveitaremos a época do Círio para ensiná-las a bordar camisas, muito vendável nesta época do ano. Mas pela procura nesta oficina de Patch Aplique acredito que teremos que repeti-la em breve”, ressaltou Benedita Barros.

      A presidente da Emater, Cleide Amorim, esteve presente na aula de encerramento e garantiu que os cursos receberão todo apoio necessário para continuar a ser realizado. “É muito gratificante ver que os serviços que estão sendo oferecidos para a comunidade poderão transformar o futuro dessas mulheres”, finalizou.

Texto: Assessoria de Comunicação - 26/08/2011