-

Festival de Agricultura de Portel valoriza comunidades ribeirinhas

      O escritório local da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater) em Portel, no arquipélago do Marajó, promoverá, nos dias 16 e 17 de setembro, a II Festa da Agricultura Familiar Portelense. O evento, cujo tema desta edição é “Valorizando e Resgatando a Identidade Ribeirinha”, tem a parceria da prefeitura e da Associação Agroextrativista de Produtores Rurais do Rio Acutipereira (Aaprac) e será realizado na comunidade Vila da Castanhal, onde 30 famílias vivem às margens do rio Camarapi.

      Estão sendo esperados mais de mil e 500 visitantes – entre agricultores, convidados e turistas.

     A programação, que nos dois dias inicia às 8h e encerra às 22h, inclui palestras sobre conscientização ambiental, exibição de vídeos educativos, apresentação de grupos folclóricos, concurso de “miss ribeirinha”, competições esportivas regionais (prova de canoagem e pescaria, por exemplo), oficinas de cosméticos artesanais e de plantas medicinais e debates sobre temas de interesse do agricultor familiar, como estratégias para manter disponíveis as ditas “sementes crioulas”, que sustentam as culturas típicas, como feijão, mandioca e milho.

     “A idéia é reforçar publicamente a importância das populações ribeirinhas portelenses, que constituem quase 100%  dos agricultores familiares do município”, explica o técnico agrícola Jocimar Mendonça, chefe do escritório local da Emater. A maioria das famílias, segundo ele, vive da pesca artesanal, da caça, do extrativismo de açaí e de roças de subsistência.

Texto: Assessoria de Comunicação - 08/09/2011