Escritório Local de Ana

Emater promove oficina de Pintura em vidro em Ananindeua

 

25 artesões de comunidades de comunidades de Águas Lindas, Curuçambá (em Ananindeua) e 19 de abril e Marimari (em Mosqueiro), participam de hoje, terça-feira, dia 1º, a sexta-feira, dia 4, de oficina de “Pintura em Vidro”, realizada pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater) em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). A atividade acontecerá no bairro do Curuçambá, de 14h às 17h30.

 

A oficina é ação contínua do trabalho de organização social da Emater com um grupo de mulheres no município de Ananindeua e no distrito de Mosqueiro. O objetivo desse trabalho desenvolvido pela Emater há quatro anos é a qualificação desse grupo visando a geração de renda e inclusão social. “Com mais esse curso de pintura em vidro damos continuidade ao trabalho de atendimento, por meio do artesanato e a possibilidade de aumento de renda dessas pessoas”, afirma a socióloga e técnica da Emater Regina Herrera.

 

Um outro aspecto da atividade de qualificação é a educação ambiental, pois como o material utilizado é o vidro - encontrado em grande parte em quintais ou simplesmente abandonado pelo meio ambiente – o grupo que participa da oficina já trabalha também com a conscientização de preservação ambiental. “Essa atividade trabalha com a reciclagem, ou seja, a reutilização de vidros, que são reaproveitadas e deixam de poluir o meio ambiente”, ressalta a técnica.

 

O atendimento dado pela Emater em Ananindeua ao grupo tem possibilitado várias alternativas de geração de renda. Com a proximidade do Círio de Nazaré, as artesãs têm trabalhado com a produção e comercialização de camisas alusivas à data. São camisas padronizadas do Círio 2013 com técnicas de pintura, pedraria, crochê, bordado em fitas, com preços que variam entre R$ 25 a R$ 30. “Todas estas técnicas o grupo se qualificou por meio dessas atividades de qualificação. Com a comercialização dessas camisas customizadas do Círio de Nazaré, elas estão tendo um acréscimo de pelo menos 30% na renda familiar”, diz Regina Herrera.     

 

Texto: Iolanda Lopes - 01/10/2013