-

Agricultores atendidos pela Emater comemoram o Plano Safra de R$ 500 milhões para o Pará

     Agricultores de todas as regiões do estado, justamente os principais interessados nos recursos do Plano Safra da Agricultura Familiar 2011/12, lotaram o auditório principal do Hangar Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém, nesta manhã em que o ministro do desenvolvimento agrário, Afonso Florence, anunciou R$ 500 milhões para ações no Pará do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

    O lançamento estadual do Plano Safra aconteceu durante a edição deste ano da Frutal Amazônia/Flor Pará, que começou ontem e seguirá até domingo (23).

     Os cerca de 250 agricultores vieram representando todos os pólos regionais do Pará. As caravanas foram ciceroneadas pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), que atende às famílias e propriedades.

    Para a cerimônia de lançamento, estiveram presentes, também, autoridades governamentais, como o governador do estado, Simão Jatene, a presidente da Emater, Cleide Amorim, o secretário de estado de desenvolvimento econômico e incentivo à produção, Shidney Rosa,  o secretário de estado de agricultura, Hildegardo Nunes, o presidente da Assembléia Legislativa, Manoel Pioneiro e o senador Flexa Ribeiro.

     Além disso, compuseram a mesa solene representantes de movimentos sociais, como a Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do Pará (Fetagri), o Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST) e o Conselho Nacional dos Seringueiros (CNS).

     “O Plano para esta safra dispõe R$ 16 bilhões para o Brasil, redução de juros do Pronaf, a criação da Política de Garantia de Preços Mínimos da Agricultura Familiar [PGPM-AF] e o estímulo à compra, pelas prefeituras e estados, das colheitas dos pequenos produtores, para que esses alimentos saudáveis e regionais façam parte da merenda escolar”, resumiu o ministro Florence.

     Ele também lembrou que a nova modalidade de recursos do governo federal para o segmento, as ditas “chamadas públicas” no lugar de convênios, já estão permitindo o atendimento qualificado e direcionado de diversas comunidades do Pará.

     “ Dos editais lançados desde o fim do ano passado, a Emater já ganhou mais de 80% da concorrências, consolidando mais ainda sua parceria histórica com o Ministério”, disse a presidente da Emater, Cleide Amorim.

     Para o governador Simão Jatene, “criar mecanismos para melhorar os sistemas de produção e estruturar a comercialização - via o acesso a crédito, tecnologia e assistência técnica – é reconhecer a agricultura familiar com um dos pilares do desenvolvimento sustentável”, afirmou.

    “Todos sabemos que um país se constrói no seu interior, e é do interior que brota nossa comida. Dia após dia, os trabalhadores rurais do Pará operam o milagre de transformar suor em alimento”, completou Jatene.

 

Assessoria de Comunicação - Aline Miranda

Texto: Assessoria de Comunicação - Aline Miranda - 21/10/2011