Emater viabiliza parceria para que Magalhães Barata cumpra sua meta de emissão de CAR

Cadastro Ambiental Rural (CAR) é condição para agricultor acessar financiamentos e município do nordeste do Pará quer fazer 350 emissões até o final deste ano

18/10/2021 12h40 - Atualizada em 08/12/2021 19h09
Por


Foto: Divulgação

O agricultor Antônio Tavares da Silva, reside na Comunidade de Biteua, município de Magalhães Barata , nordeste do Pará. Há mais de 15 anos ele é acompanhado pelo escritório local da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater) no município, onde produz pimentinha, maracujá, mandioca, açaí de terra firme e pimenta do reino. Mas foi com a realização do Cadastro Ambiental Rural (CAR) que Antônio pôde avançar com os investimentos em sua propriedade.

“No começo foi muito difícil, mas foi melhorando, pois busquei a orientação técnica da Emater e também com o apoio dos técnicos eu fiz o CAR de minha propriedade e, no mês de setembro, eu já consegui acessar o custeio de açaí”, informa o agricultor.

O Cadastro Ambiental Rural (CAR) é um registro nacional, obrigatório para todos os imóveis rurais, cujo objetivo é integrar informações ambientais das propriedades e posses rurais, compondo base de dados para controle, monitoramento, planejamento ambiental e econômico.

Atualmente, a inscrição no CAR é exigência legal para acesso ao crédito rural e ao seguro agrícola. Para que mais agricultores tenham acesso a crédito e também deem início à regularização ambiental de suas propriedades, o escritório local da Emater em Magalhães Barata, com o apoio do escritório Regional da Empresa em Castanhal, tem a meta de elaborar 350 CARs até o final de 2021, explica o chefe do escritório de Magalhães Barata Raimundo Marques da Silva.

“Com a pandemia, todas as ações da Emater foram reduzidas e algumas até paralisadas, mas, agora, com o apoio do escritório regional da Emater e também com a expectativa de apoio do governo municipal de Magalhães Barata, por meio da Secretaria de Agricultura, pretendemos intensificar a elaboração do CAR beneficiando 350 agricultores “, afirma o chefe local.

COLABORAÇÃO

O supervisor do Escritório Regional da Emater em Castanhal, Ricardo Freire, ao qual o escritório de Magalhães Barata está vinculado, explica que os esforços são para alcançar, ainda este ano, a meta que Magalhães Barata tem junto ao Programa Municípios Verdes.

"Então determinamos que o escritório local de Maracanã pudesse colaborar com a realização dos cadastros, por meio da disponibilização de um técnico, pois este escritório já cumpriu a sua meta de CAR”, resume o supervisor.

MUNICÍPIOS VERDES

Além de executar as ações de campo para o levantamento de dados e a elaboração do Cadastro Ambiental Rural, a Emater é uma das 25 instituições que integram o Comitê Gestor do Programa Municípios Verdes (PMV), responsável por decisões estratégicas e validação do plano de ação do Programa.

O PMV é um programa do Governo do Pará que tem como objetivo combater o desmatamento no Estado, além de fortalecer a produção rural sustentável por meio de ações estratégicas de ordenamento ambiental e fundiário e também de gestão