Suinocultores de Santa Izabel do Pará participam de Demonstração Técnica da Emater

22/10/2021 07h45 - Atualizada em 07/12/2021 21h35
Por Etiene Andrade


Foto: Ascom - EmaterCerca de 30 agricultores de seis comunidades do Município de Santa Izabel do Pará participaram da Demonstração Técnica (DT) em Suinocultura, realizada pelo escritório local da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater) em Santa Izabel.

A atividade, executada em parceria com a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura de Santa Izabel (Semagri), aconteceu no Sítio Bom Sossego, de propriedade dos agricultores Antônio Rodrigues e Maria Zilma, na Comunidade Santa Maria da Maravilha, a 32 quilômetros da sede do Município e foi solicitada pela Associação Rural Amigos da Terra, a partir da observação do aumento da produção de suínos e do interesse pela expansão da atividade pelos agricultores da Comunidade, conta a presidente da Associação Marinete Gatinho.

Foto: Ascom - Emater

“Temos aqui na localidade muitos pequenos produtores que estão fazendo a criação de porcos e querendo melhorar a produção, por isso procuramos a Emater, que tem sido uma grande parceira da comunidade ao longo de seus 20 anos de existência. Então os técnicos do escritório deram a sugestão de realizarmos esta  atividade para trazermos os conhecimentos para esses produtores, melhorando a produção, gerando o desenvolvimento sustentável, renda e fortalecendo a economia local da comunidade”, explica a presidente da Associação.

Atualmente, só a comunidade Santa Maria Maravilha reúne 110 famílias, 20 delas realizando a suinocultura. Para levar a capacitação a esses produtores, o escritório local da Emater em Santa Izabel buscou o apoio do escritório regional de Castanhal, por conta da necessidade de orientações técnicas voltadas à nutrição animal, considera o chefe do escritório de Santa Izabel, Ronaldo Sanches.

Foto: Ascom - Emater“

Nós não temos no escritório nem um zootecnista, nem um veterinário e por isso fomos buscar o apoio da supervisão regional que nos deu apoio e por meio do escritório local de Castanhal nos disponibilizou o zootecnista que viabilizou essa demonstração técnica a esse grupo de produtores, que desejam qualificar e expandir sua produção de suínos”, informa Ronaldo.

Durante a atividade de Demonstração Técnica (DT), o zootecnista da Emater, Daniel Diniz falou sobre os desafios da suinocultura no contexto da agricultura familiar e explicou aos produtores como obter lucro com sua produção conhecendo desde os custos de produção, que envolvem a escolha da alimentação (alternativa ou comercial), o controle do ganho de peso, além da escolha das raças para engorda e reprodução, combate a doenças entre outras informações importantes para os produtores obterem lucro com a produção".

Foto: Ascom - Emater


Durante a pandemia, os ingredientes da ração aumentaram muito, então se preocupou em montar uma planilha de custos e mostrar a formulação de ração regionalizada, alternativa e a ração comercial farelada, mostrando na prática a formulação da ração comercial mostrando a mistura dos ingredientes para que eles possam fazer a ração na propriedade deles”, informa o zootecnista.

A ração comercial produzida pelos próprios produtores em sua propriedade pode gerar uma economia de custos com a alimentação dos suínos em torno de 30%. Outra opção de ração apresentada na DT foi a ração alternativa, feita com produtos orgânicos e resíduos que podem gerar até 50% de economia com a alimentação dos animais.

O agricultor familiar Antônio Rodrigues cria cerca de 200 porcos em sua propriedade e acredita que as orientações vão ajudá-lo a obter mais lucro com a produção. "As informações que o técnico trouxe vão me ajudar a melhorar o custo da minha criação, que eu vi que ainda tá sendo muito caro e com a alimentação alternativa que o técnico ensinou aqui vai sair mais barato”, acredita o agricultor.

O diretor técnico da Secretaria de Agricultura de Santa Izabel, Gilvandro Andrade, acompanhou a Demonstração Técnica e considerou a parceria para a capacitação dos agricultores essencial para a manutenção e expansão da suinocultura no município.

“A suinocultura é uma atividade muito importante dentro das propriedades, mas aqui ela não alcançava valores de mercados para cobrir todos os custos e as despesas. Mas com a pandemia a carne suína passou a ter mais procura e consequentemente a nossa produção de suínos no município também aumentou e passamos de um cenário em que os valores dobraram. Então se o produtor aprende a equilibrar os custos de produção, ele consegue realmente obter uma renda dessa atividade e para isso momentos como esse são essenciais”, conclui o diretor.

Além da Demonstração Técnica em Suinocultura, o escritório local da Emater em Santa Izabel está organizando uma agenda para que os produtores recebam orientação técnica do zootecnista em suas propriedades.


Texto: Etiene Andrade (Ascom/Emater)